Topo
Constança Rezende

Constança Rezende

Aras critica vazamentos seletivos do MP e agrada bancada do PT no Senado

Constança Rezende

11/09/2019 16h16

Pedro Ladeira/Folhapress

O subprocurador Augusto Aras, indicado para a PGR (Procuradoria-Geral da República), fez novas críticas às investigações do Ministério Público, em reunião com senadores petistas, nesta quarta-feira (11).

Segundo o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), Aras se mostrou contrário a supostos vazamentos seletivos da instituição. Também disse ser contrário ao que chamou de "personalismo" em investigações. Porém, não citou nenhum caso específico ou a Operação Lava Jato, de acordo com Costa.

O discurso agradou os petistas, que sinalizaram que serão favoráveis à indicação de Aras à PGR. O encontro durou cerca de uma hora e meia e foi realizado no gabinete da liderança do PT, com a presença de todos os senadores do partido: Costa, Paulo Rocha (PA), Rogério Carvalho (SE), Paulo Paim (RS), Jean Paul Prates (RN) e Jaques Wagner (BA). Além da senadora Zenaide Maia (PROS-RN).

A reunião contou com uma longa exposição do perfil de Aras, feita pelo senador Jaques Wagner, conterrâneo do subprocurador. Petistas baianos relataram que os dois eram próximos no passado.

A relação foi negada por Aras, em reunião com senadores de outros partidos, nesta terça-feira, no gabinete da presidência da Casa. Na ocasião, o subprocurador disse que só esteve com o senador três ou quatro vezes e em encontros casuais em aeroportos.

Paulo Paim (PT-RS) também foi só elogios a Aras, ao sair do encontro. "Ele nos afirmou que irá exercer a função com imparcialidade. Citei a frase 'Quero leis que governem os homens e não homens que governam as leis' e ele concordou", relatou.

A relação amistosa de Aras com petistas vem de longa data. O subprocurador deu um jantar para o "núcleo duro" do PT, em sua casa, há cinco anos para lançar o livro do ex-deputado petista Emiliano José. Participaram do jantar o então presidente do partido, Rui Falcão, José Dirceu e o deputado federal (PT-BA), Zé Neto.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre a Autora

É colunista do UOL, em Brasília. Passou pelas redações do Estadão, Jornal O Dia e Jornal do Commercio.

Sobre o Blog

Notícias sobre o que acontece de mais quente em Brasília, bastidores e entrevistas.