Topo
Constança Rezende

Constança Rezende

"Fala de Carlos sobre democracia pode ser balão de ensaio", diz Bebianno

Constança Rezende

10/09/2019 11h46

O ex-ministro de Jair Bolsonaro (PSL), Gustavo Bebianno, reagiu com preocupação às declarações feitas pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC) sobre a democracia.

O ex-chefe da Secretaria-Geral da Presidência disse que a fala do filho do presidente pode ter sido um "balão de ensaio"- jargão utilizado para informação vazada a fim de verificar possíveis efeitos de uma medida.

"A declaração do vereador Carlos Bolsonaro, filho do Presidente da República, é bastante preocupante. Coloca em questão algo que não está em questão, que é a democracia brasileira. Por mais que haja problemas, não existe outro caminho que não seja a democracia. Cabe perguntar ao vereador e ao presidente, pois mantém perfeita simbiose, se essa manifestação seria um balão de ensaio, um teste", disse à reportagem.

O ex-ministro Gustavo Bebianno – Ricardo Borges/Folhapress

 

Para Bebianno, ambos (presidente e Carlos) devem "urgentemente" explicar formalmente a declaração. "Nesse mesmo sentido, o vereador também deveria esclarecer o que pensa e defende. Seria ungir o próprio pai à condição de senhor absoluto da nação, de ditador? Tudo isso é um absurdo, uma decepção", afirmou.

O filho do presidente escreveu em seu perfil no Twitter que, por "vias democráticas", não haverá as mudanças rápidas desejadas no país e que atual governo tenta colocar o Brasil "nos eixos", mas que os "avanços são ignorados, e os malfeitores esquecidos.

"Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!", escreveu o vereador.

Bebianno foi demitido da Presidência em fevereiro, após uma crise desencadeada por uma postagem de Carlos, no Twitter. O vereador escreveu que o então ministro havia mentido ao dizer conversou com Bolsonaro durante as denúncias das candidaturas laranjas no PSL. O perfil oficial do presidente reproduziu o post.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre a Autora

É colunista do UOL, em Brasília. Passou pelas redações do Estadão, Jornal O Dia e Jornal do Commercio.

Sobre o Blog

Notícias sobre o que acontece de mais quente em Brasília, bastidores e entrevistas.